quarta-feira, 18 de janeiro de 2017

Alma multidimensional


Calma a Alma
o Vento a Ala
o Sopro a Ferida
repleta de Instantes
que marcam a Vida
passageira e inconstante.

a Entranha do Pensar
pantanal Sombrio do Ser
Crocodilos e Cobras
circundam todo o Fluido
que corre nas Entranhas
onde a Vida se idealiza.

Calma!!! Respira.

olhando através da Vidraça
no Espelho meus Olhos se embaçam
desconheço Aquele
que Olha
Aquele que Chora
Aquele que Sorri
parece que em um
de Todos os Planos
há de Ser Eu
Aquele que Sente
e não Sente.
Aquele que Olha
e não Enxerga.
Aquele que Fala
E por fim,
Aquele que Cria.


Uriel Cordeiro


Nenhum comentário:

Postar um comentário